Notícias

Imagem do colo de uma mulher, com a alça da camisa caída, deixando aparecer cicatriz sobre o seio | Dicas para uma boa cicatrização pós-cirúrgica

Dicas para uma boa cicatrização pós-cirúrgica

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrPin on PinterestEmail this to someone

Umas das maiores preocupações de quem quer fazer uma cirurgia plástica são as cicatrizes que podem ficar depois do procedimento. É uma preocupação válida, já que de nada adianta realizar um procedimento estético para resolver um problema se outro aparecer. No entanto, este não precisa ser um motivo para evitar a cirurgia.

O tempo é o melhor remédio para uma boa cicatrização pós-cirúrgica, mas é preciso ter paciência. A camada mais superficial da pele leva de 7 a 10 dias para fechar, mas a epiderme leva em torno de 28 dias, e na derme esse processo pode demorar até 6 meses, dependendo, é claro, do tamanho do corte e da região do corpo onde foi feito.

O ideal é fazer o mínimo de movimento possível com a parte do corpo que precisa cicatrizar. Em regiões de dobra, como cotovelos, e que se movimentam com a respiração, como o tórax, a cicatrização é uma pouco mais difícil, já que a pele não fica parada.

Em uma cirurgia, todas as camadas da sua pele são cortadas, então é inevitável o aparecimento de uma cicatriz. Mas existem algumas coisas que você pode fazer para que ela não passe de um risco quase imperceptível.

Fique de olho na alimentação

Será necessário produzir bastante colágeno para sua pele se regenerar. Portanto, inclua muita vitamina C na sua dieta, com a ingestão de alimentos como laranja, acerola e brócolis.

Dê um tempo no cigarro

Além de diversos outros problemas, o cigarro ainda intensifica a vasoconstrição, uma diminuição do calibre dos vasos sanguíneos, que já acontece naturalmente durante uma cirurgia. Essa diminuição cria a possibilidade de abertura da sutura e de a pele voltar a enrugar.

No primeiro mês, informe seu médico a respeito de qualquer sinal estranho

Coceira, dor, elevação, vermelhidão ou endurecimento da pele podem indicar algum problema na sua cicatrização. Por isso informe seu médico imediatamente, para o problema ser tratado antes que as camadas mais profundas da pele se regenerem.

Faça um bom curativo

Ao contrário do que se pensa, deixar a ferida “respirar” não ajuda a cicatrizar mais rápido. Estudos comprovam que ferimentos cobertos cicatrizam até 4 vezes mais rápido do que os que ficam expostos.

Se mesmo seguindo todas essas orientações a cicatriz resultante da cirurgia ainda incomodar, existem outros procedimentos que você pode escolher. Na Inova, clínica de cirurgia plástica no Rio de Janeiro, realizamos a Betaterapia, um tratamento que previne e trata queloides, cicatrizes pós-operatórias e lesões com a aplicação de uma pequena placa de metal com material radiativo, de maneira muito controlada, eficaz e indolor. Entre em contato conosco e marque sua consulta. Nossa equipe está disponível para esclarecer qualquer dúvida que você possa ter.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

Desenvolvido por Fizzy Marketing Digital