Notícias

Bichectomia

Mitos e verdades sobre a bichectomia

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrPin on PinterestEmail this to someone

Entre os anos de 2015 e 2016, houve um aumento repentino nas buscas sobre um tipo de procedimento estético que não demorou muito para se tornar a mais nova sensação do momento. A bichectomia é uma pequena cirurgia em que são retiradas (total ou parcialmente) as “bolas de Bichat”, duas pequenas bolsas de gordura que todos temos, uma em cada bochecha.

Entretanto, com a popularização da cirurgia, muitas notícias surgiram e nem sempre é possível confiar em todas as fontes que aparecem por aí. Por isso, fizemos uma pequena lista de mitos e verdades que surgem acerca do procedimento. Confira:

A bichectomia pode ser feita em menores de idade.

Verdade – ao contrário do que muitos acreditam, não é necessário esperar a maioridade para poder realizar a redução de bochechas. Desde que haja o consentimento dos responsáveis legais, a cirurgia pode ser feita já na adolescência. Entretanto, é necessário passar por uma avaliação médica para checar se o rosto da paciente já está totalmente desenvolvido – e até se realmente é necessário realizar o procedimento.

O corte da bichectomia é realizado por dentro da boca.

Verdade – é realizado um corte de no máximo 2cm,na parte interna da boca, na altura dos dentes molares superiores. Inclusive, cada corte é suturado com no máximo 3 pontos absorvíveis, não havendo a necessidade de retirar os pontos posteriormente.

A bichectomia tira as “covinhas” do rosto da paciente.

Mito – Relembrando: a bichectomia é a retirada das bolsas de gordura da bochecha. Já a “covinha” é a má-formação do tecido fibroso das bochechas, que é menor em quem possui essa característica. Ou seja, a “covinha” está relacionada aos músculos da face. Portanto, retirar a gordura do rosto não vai influenciar no fato de você ter uma “covinha” ou não – no máximo, no tamanho dela.

As bochechas nunca mais vão voltar a crescer novamente!

Mito – Se for realizada a retirada parcial das bolsas de gordura – o que geralmente acontece -, as bochechas estarão suscetíveis ao que acontece com todo o resto do corpo. Se o paciente não seguir uma dieta equilibrada, há o aumento do acúmulo de gordura em seu corpo. Desta forma, as bolsas de gordura podem voltar a crescer.

“Mas então, para que isso não aconteça, é só retirar a bolsa completamente, não?” Nem sempre isso é recomendado. Dependendo do tipo de rosto do paciente, a retirada completa das bolsas de gordura pode causar um impacto indesejado em sua fisionomia. É importante sempre confiar nas sugestões passadas pelo médico cirurgião, pois ele é a pessoa mais indicada para determinar o tipo de procedimento mais efetivo para se chegar ao objetivo desejado.

Dentistas podem fazer a bichectomia.

Verdade – Sim, é verdade. Dentistas cirurgiões bucomaxilofaciais de fato podem fazer a cirurgia. Entretanto, apenas o cirurgião plástico possui experiência e treinamento para realizar o procedimento com visão estética. Além disso, muitas vezes a cirurgia precisa ser acompanhada de uma lipoaspiração do pescoço, para que se obtenha um resultado final harmonioso. E apenas o cirurgião plástico é habilitado a realizar este tipo de procedimento.

O resultado final da bichectomia é rápido.

Verdade – O paciente apenas precisa esperar um período de 2 semanas até o inchaço (comum para quem acabou de passar por uma intervenção cirúrgica) passar. A partir daí, o rosto já começa a afinar e os resultados se tornam mais nítidos. O resultado final se dá em 6 meses.

Aliás, é importante utilizar compressas geladas nos primeiros 3 dias e seguir uma dieta líquida e pastosa nas 48 horas que seguirem à cirurgia. O Sol deve ser evitado nas primeiras 4 semanas ou enquanto ainda houver hematomas por conta do procedimento.

Realize sua bichectomia na Inova, clínica de cirurgia plástica no Rio de Janeiro

Existem muitas outras perguntas que não podem ser respondidas por aqui, porque dependem de outros fatores que precisam ser avaliados previamente pelo médico cirurgião. Portanto, caso você tenha interesse em realizar o procedimento mas ainda possua outras dúvidas, entre em contato conosco.

Aqui na Inova, clínica de cirurgia plástica no Rio de Janeiro , você encontra uma equipe médica experiente e dedicada, que pode conversar pessoalmente com você, tirar suas dúvidas e realizar a sua tão sonhada redução de bochechas. Venha conversar conosco.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

Desenvolvido por Fizzy Marketing Digital