Ultrassom

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrPin on PinterestEmail this to someone

A aplicação do ultrassom vai além do seu uso clínico e como exame de imagem, e é feita de forma focada ou não, podendo ser mecânica, em tratamentos para diminuição de gordura, ou térmica, quando é utilizado para tratar da flacidez da pele. Nesse caso, assemelha-se ao exame de radiofrequência, já que atua propagando ondas de calor que vão induzir a pele a produzir colágeno. Por ser emitido em  elevada frequência, não é percebido pelo ouvido humano. Na pele, o ultrassom age como se fosse um radar, em que suas ondas reverberam , atingindo as camadas subcutâneas de acordo com a sua intensidade, permitindo o mapeamento da região.

Outra indicação do ultrassom com finalidade estética é no tratamento de celulite. Ao penetrar na pele, a onda faz com que a gordura se quebre, facilitando sua absorção pelo sistema linfático, que fará com que seja excretada a partir dos rins. A quantidade de sessões varia, de acordo com o tratamento ou potência empregada, podendo chegar a um total de 12 sessões.  Por exemplo, no tratamento para flacidez da pele na face, uma sessão apenas é indicada, já no tratamento de gordura localizada normalmente são indicadas no máximo três sessões, uma vez ao mês, e para celulite, sessões semanais ou quinzenais repetindo-se por doze vezes.

A exemplo da radioterapia, o ultrassom  tem diversas restrições que podem contraindicá-lo. Pessoas que estejam usando medicamentos anticoagulantes, portadores de HIV, com câncer ou gestantes são alguns dos casos em que o ultrassom deve ser evitado. Procure sempre se informar com seu médico antes de realizar qualquer tipo de procedimento estético, mesmo que não seja cirúrgico.

A Inova, clínica de estética em Botafogo, tem na sua equipe os melhores profissionais de estética, capazes de garantir total eficácia e segurança nos procedimentos. Agende uma visita e saia renovada!

Desenvolvido por Fizzy Marketing Digital