Notícias

Mulher medindo seios | Prótese de silicone: mitos, verdades e curiosidades

Prótese de silicone: mitos, verdades e curiosidades

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrPin on PinterestEmail this to someone

Segundo procedimento estético mais procurado do Brasil (atrás apenas da lipoaspiração), a colocação de prótese de silicone ainda gera muitas dúvidas. Listamos alguns tópicos que costumam ser muito abordados quando se trata do assunto, para esclarecer todas as dúvidas.

A prótese de silicone afeta a amamentação?

As próteses de silicone são colocadas por baixo dos ductos mamários (responsáveis pelo transporte do leite materno) e não interferem em nada na amamentação. A mulher pode engravidar cerca de três meses após a cirurgia, ou colocar as próteses três meses após o término da produção de leite posterior à gravidez.

Silicone tem validade?

A maioria das próteses têm duração de 10 a 20 anos, mas não necessariamente devem ser retiradas após esse período. O acompanhamento médico anual deve ser criterioso ao analisar a necessidade de troca da prótese.

A prótese de silicone aumenta as chances de câncer de mama?

O implante de silicone não aumenta nem diminui as chances da paciente desenvolver câncer de mama. Todas as mulheres que possuem ou não silicone devem realizar o autoexame das mamas e a mamografia anualmente, a partir dos 35 anos.

Qual a idade mínima para colocar silicone?

Não existe uma regra que determine exatamente a partir de que idade é permitida a aplicação do silicone. O indicado é aguardar o desenvolvimento completo do corpo da mulher durante a puberdade, pois as mamas podem crescer até os 18 anos. As próteses devem ser evitadas em pacientes muito jovens para não atrapalhar o desenvolvimento das mamas e da estrutura do tórax.

Como é o efeito da gravidade com as próteses?

Mesmo com a próteses, as mamas podem cair com o passar do tempo, de acordo com a elasticidade da pele e da glândula mamária da mulher.

Os seios perdem a sensibilidade?

Nos primeiros dias pós-operatórios, a sensibilidade na região dos seios pode estar alterada. No entanto, de acordo com a cicatrização e a recuperação, a sensibilidade volta ao normal na maioria dos casos.

Bebidas alcoólicas retardam a cicatrização?

O álcool é prejudicial tanto antes quanto depois do procedimento. Se ingerido antes da cirurgia, o álcool pode comprometer os medicamentos utilizados no decorrer da operação. Já no pós-operatório, pode influenciar negativamente na eficácia da medicação pós-cirúrgica que deve ser administrada. O recomendado é que a paciente não consuma bebidas alcoólicas 30 dias antes da cirurgia, e também no período de cicatrização.

Os implantes podem romper ou se mover?

A qualidade dos implantes mamários oferecidos é alta, mas, apesar disso, é possível sim que as próteses se rompam ou se movam. Claro que isso não acontece em casos simples, apenas diante de situações imprevistas de forte impacto. Diante de acontecimentos do tipo, recomenda-se uma nova cirurgia.

Médico traçando linha de corte em seio de uma mulher | Prós e contras de cada método cirúrgico

Prós e contras de cada método cirúrgico

Uma das características do implante de silicone é quase não deixar cicatrizes. Para isso, existem três métodos de aplicação:

Aréola

Esse método é ideal para quem tem aréolas grandes e a pele clara, e é recomendado também para mulheres que precisam de ajustes na posição superior das aréolas. A cicatriz fica em formato de semicírculo e é praticamente imperceptível.

Subglandular

Nessa técnica, que é a mais utilizada, a incisão é feita embaixo da glândula mamária. O resultado costuma ser esteticamente melhor que o de outros métodos, e o pós-operatório é o que menos incomoda. É contraindicada para quem não possui a pele firme na área.

Submuscular

O corte é feito embaixo do músculo do tórax e seu pós-operatório é mais dolorido, mas esse método garante maior proteção ao implante mamário. Pode ser feito na frente ou atrás do músculo. É recomendada para mulheres com poucas mamas e pele fina.

Axilas

Recomendado para mulheres com aréolas lisas e pequenas ou para mamas levemente caídas. É contraindicada para quem pratica esportes como musculação ou natação, pois essas atividades podem fazer a prótese se mover. A cicatriz fica na axila e é pouco visível.

Como é o pós-operatório?

Deve-se ressaltar que o comprometimento do paciente é muito importante durante todo o processo, antes, durante e depois da realização do procedimento. Após colocar os implantes, recomenda-se:

  • Ingerir água em grande quantidade diariamente, para minimizar as chances de trombose e auxiliar na cicatrização.
  • Manter hábitos alimentares saudáveis.
  • Não fumar, para evitar lesão vascular, isquemia tecidual e a piora na qualidade da cicatrização.
  • Dormir de barriga para cima durante um mês.
  • Utilizar sutiã cirúrgico durante um mês, 24 horas por dia.
  • Não realizar atividades físicas ou afastar os braços do tronco por 45 dias, pois a resistência da cicatriz ainda é muito pequena.
  • Não se expor ao Sol durante 60 dias a partir da data da cirurgia, para evitar o escurecimento das cicatrizes.
  • Procurar utilizar roupas fáceis de vestir, para evitar a elevação dos braços.

Onde realizar o procedimento?

O procedimento mexe diretamente com a autoestima do paciente, e é essencial que sua realização seja feita da melhor maneira possível. Por isso é importante buscar uma clínica de confiança para realizar a cirurgia, e também um profissional que faça você se sentir em segurança e confortável. A Clínica Inova, clínica de cirurgia plástica em Botafogo, possui profissionais qualificados para tirar suas dúvidas e atendê-lo da melhor forma. Entre em contato conosco e marque uma consulta.

 

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

Desenvolvido por Fizzy Marketing Digital