Notícias

Tudo sobre mastopexia

Tudo sobre mastopexia (lifting de mama)

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrPin on PinterestEmail this to someone

A gravidade atinge todas as mulheres, seja depois da gestação ou após um longo processo de emagrecimento ou pela idade mesmo e os efeitos começam a ficar visíveis em algumas áreas específicas do corpo, como no caso dos seios. Perder a sustentação das mamas é normal e a grande maioria das mulheres já passou ou vai passar por isso. Entretanto, se te incomodar, você pode e deve recorrer a procedimentos corretivos para recuperar sua autoestima.

O que é mastopexia?

A mastopexia, ou lifting de mama, é a cirurgia que promete levantar os seios, com ou sem a ajuda da prótese de silicone. O procedimento consiste na retirada do excesso de pele das mamas, na arrumação do tecido mamário e no reposicionamento da aréola, resultando em um novo contorno dos seios, conferindo maior firmeza.

Em casos específicos, o médico pode retirar gordura e glândulas para delinear melhor o formato dos seios. Além da falta de sustentação, a paciente pode sofrer com um alargamento das aréolas, que também é corrigido pela mastopexia.

Quem pode realizar o procedimento?

Por mais que seja considerada uma cirurgia simples, não é recomendada para todas as mulheres. O cirurgião plástico avalia especialmente a qualidade e a quantidade de pele das mamas, assim como a quantidade de tecido mamário.

A depender das características mamárias da paciente, o especialista deverá recorrer ao uso das próteses de silicone para preencher o espaço necessário. Isso também garante um contorno mais harmonioso, além de volume, preenchendo a parte superior dos seios, mais conhecido como colo.

Recuperação

A recuperação não é muito problemática, mas a mastopexia deixa algumas cicatrizes sutis, que, normalmente, são proporcionais à quantidade de pele e ao grau de queda que a mama aparenta. Ou seja, quanto mais flácido for o seio, mais pele tem de ser retirada e, consequentemente, maior será a cicatriz. As incisões podem ser feitas em diferentes locais:

  • ao redor da aréola, que é menos comum, e é chamada de periareolar;
  • ao redor da aréola e estendendo-se verticalmente até o sulco das mamas, chamada de vertical e periareolar;
  • no T invertido, muito comum e a mais indicada para mamas com grande excesso de pele, a incisão começa ao redor das aréolas, estende-se verticalmente até e ao longo do sulco das mamas;

Procure um profissional

Não é porque o procedimento parece simples que você poderá confiar em qualquer profissional. Procure por referências e conheça o trabalho do médico antes de qualquer coisa. Na Inova, clínica de cirurgia plástica em Botafogo, os melhores profissionais do ramo estão dispostos a tirar suas dúvidas sobre a mastopexia e os diversos procedimentos que eles oferecem. Agende sua consulta e comprove!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

Desenvolvido por Fizzy Marketing Digital