Notícias

Close de lábio carnudo | Tudo sobre preenchimento labial

Tudo sobre preenchimento labial

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInShare on TumblrPin on PinterestEmail this to someone

O que Anitta, Kylie Jenner e Lindsay Lohan têm em comum? Além de serem lindas e famosas, elas recorreram a um procedimento estético que tem cada vez mais adeptas em todo o mundo. É o tão polêmico preenchimento labial, que dá um tom mais sexy ao rosto feminino, mas que também precisa de certos cuidados para que não resulte em uma aparência artificial – o que costuma gerar críticas a quem o realiza.

O que é usado no preenchimento labial?

Normalmente, o preenchimento dos lábios é realizado com injeções de ácido hialurônico, que é a matéria-prima do colágeno (proteína responsável por dar elasticidade à pele). Mais recentemente, também houve um crescimento no preenchimento realizado com gordura autógena (ou seja, do próprio corpo), que é um pouco mais elaborado. Esta técnica requer o tratamento da gordura por um profissional, que a retira do culote ou da parte interna do joelho, por ser mais consistente.

Entretanto, é preciso um pouco mais de cautela ao usar esta técnica, pois as células da gordura utilizada continuam ativas. Ou seja, elas podem acompanhar o emagrecimento ou o aumento de peso da paciente. E, caso a paciente engorde alguns anos mais tarde, os lábios podem atingir um aspecto não tão desejado.

Deve-se prestar atenção, pois algumas clínicas ainda costumam usar o hidrogel no preenchimento labial. Esta substância contribui para que a paciente atinja ótimos resultados, mas, por ser uma substância sintética, reações indesejadas podem aparecer, mais cedo ou mais tarde. Basta lembrar do caso da ex-modelo Andressa Urach, que em 2009 realizou um procedimento de preenchimento com hidrogel nas coxas e, cinco anos depois, sofreu graves consequências com uma inflamação que a substância causou em seu corpo. Ela chegou a ser internada em estado grave, mas a equipe médica que a socorreu na época conseguiu reverter a situação.

É a mesma coisa que o botox?

Não. O preenchimento é utilizado para dar um volume maior a alguma região do corpo. Já o botox é uma toxina que serve para paralisar a musculatura, ou, em alguns casos, para regular a transpiração.

“Vou precisar de anestesia?”

É utilizada a anestesia local na paciente. A anestesia tópica – aplicada por pomada – não é suficiente, porque ela não dá conta de suportar o incômodo que acontece quando o lábio recebe o conteúdo da injeção. Esta anestesia costuma atingir até mesmo os dentes e a língua.

“Posso aplicar quanto material eu quiser?”

Não! O preenchimento médio de ácido hialurônico é de 1ml, sendo que a maioria do conteúdo é aplicado na parte superior do lábio, por ser normalmente mais fina. Se a paciente pedir para aplicar mais que isso, é recomendado que o médico intervenha, pois isso certamente vai implicar em um resultado final diferente do desejado, menos natural.

Como é realizado o preenchimento labial?

O ácido hialurônico normalmente já vem embalado para a aplicação, com uma agulha especial para isso. Quando a aplicação é realizada com gordura, o conteúdo é inserido por uma microcânula. Depois de aplicado, o médico precisa acomodar o conteúdo e modelar o local com uma massagem feita com a ponta dos dedos. Isso ajuda a evitar qualquer possível assimetria que possa ocorrer.

Quanto tempo dura o preenchimento labial?

O ácido hialurônico costuma ser absorvido pelo organismo em um ano e meio. Entretanto, o colágeno (produzido pelo ácido) realiza um efeito estimulador de preenchimento que pode durar até três anos, mesmo depois do produto ter saído do corpo.

Depois de quanto tempo já é possível perceber o resultado final?

Isso depende do material usado para o preenchimento. Se foi utilizado o ácido hialurônico, o resultado final já pode ser percebido entre cinco a seis dias. Já com a gordura, como a reação inflamatória costuma ser um pouco maior, o resultado pode demorar até 10 dias para aparecer.

Recomendações pós-preenchimento

É necessário ter uma atenção redobrada com copos, garfos ou qualquer chance de maior impacto com os lábios. O local pode infeccionar, então é necessário fazer uma assepsia externa e também interna. Como às vezes pode ocorrer algum pequeno hematoma ou edema, o local pode ficar roxo.

Mas de qualquer maneira, é importante esperar, principalmente as primeiras 48h. Com o tempo, o preenchimento vai atingir o resultado desejado.

O preenchimento labial tem contraindicações?

Pessoas que têm herpes labial com frequência precisam fazer um tratamento preventivo, que dura cerca de um mês. Isso é necessário porque o organismo pode interpretar a injeção no lábio como um trauma, um dos motivos do desencadeamento da herpes.

O preenchimento labial tem reversão?

Caso a paciente tenha mudado de ideia ache o resultado final exagerado, ela pode reverter a situação sim. Claro que, com um cirurgião experiente, isso não chega a acontecer. Mas, se for o caso, pode-se aplicar uma mistura de hialuronidase (chamada também de hialozima) e corticoide. Essa mistura vai fazer o ácido hialurônico ou a gordura se degradar mais rápido e abaixar o volume.

Preenchimento labial no Rio de Janeiro

Pensando em ter lábios mais sedutores e carnudos? O preenchimento labial pode dar aquele toque que faltava em seu rosto. Na Clínica Inova, clínica de cirurgia plástica no Rio de Janeiro, você encontra profissionais dedicados e com experiência, que vão te ajudar a atingir os resultados desejados com o seu corpo, de uma maneira segura. Não só com o preenchimento labial, mas com uma série de outros procedimentos que são realizados em nossa clínica.

Entre em contato conosco e marque já a sua consulta. Nossos médicos estão disponíveis para conversar com você e esclarecer qualquer dúvida que você possa vir a ter.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

Desenvolvido por Fizzy Marketing Digital